1.
Hashizume M. “Somos como o mato que brota ano após ano: intermináveis” – aberturas e considerações dialógicas acerca da Autonomia Indígena Originária Camponesa (AIOC) de Raqaypampa. TEL [Internet]. 16º de março de 2022 [citado 17º de junho de 2024];21(46):213-52. Disponível em: https://tellus.ucdb.br/tellus/article/view/793