Fontes históricas para a avaliação da escola indígena no Brasil

  • José Ribamar Bessa Freire

Resumo

O artigo discute o processo de avaliação da educação escolar indígena, numa perspectiva histórica. Identifica algumas fontes documentais em arquivos de âmbito estadual e nacional, úteis para avaliar a trajetória da escola destinada aos índios no período colonial, no Impérioe na República, incluindo as experiências realizadas nos últimos vinte anos. Exemplifica com algumas cartas e crônicas dos jesuítas, que oferecem dados sobre a metodologia de ensino no período colonial e os seus resultados. Destaca, no século XIX, a avaliação das escolas do rio Negro e do rio Solimões, feita pelo poeta Gonçalves Dias, nomeado visitador das escolas públicas de primeiras letras da Província do Amazonas, cujo relatório é a primeira etnografia de sala de aula.
Publicado
2014-11-18
Seção
Artigos