Os Terena e a escrita da história

  • Lenir Gomes Ximenes NEPPI/UCDB
Palavras-chave: correntes históricas, história indígena, Terena.

Resumo

A proposta deste artigo é refletir sobre o lugar reservado para os povos indígenas (e mais particularmente para os Terena) na historiografia brasileira, de acordo com as influências de diferentes correntes históricas, a partir do século XIX. A escrita historiográfica é, por si só, um constructo histórico. Ou seja, os autores não estão isolados no tempo, e as perguntas que fazem ao passado têm origem nas suas vivências, nos seus meios sociais e nas situações históricas em que se encontram. Esse é o ponto de partida para entendermos como os indígenas foram/são retratados nas obras historiográficas. Este texto traz um enfoque específico sobre os indígenas da etnia Terena, que atualmente habitam diversas áreas no estado do Mato Grosso do Sul, duas no estado de São Paulo e uma em Mato Grosso. Estão também em vários bairros de cidades sul-mato-grossenses como Campo Grande, Aquidauana, Anastácio, Miranda, Sidrolândia e Dois Irmãos do Buriti.

 

Biografia do Autor

Lenir Gomes Ximenes, NEPPI/UCDB
Graduada em História pela Universidade Católica Dom Bosco - UCDB; mestre e doutoranda em História pela Universidade Federal da Grande Dourados - UFGD; docente da UCDB; pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas das Populações Indígenas - NEPPI/UCDB.

Referências

ALBUQUERQUE JÚNIOR, D. M. de. História a arte de inventar o passado. Bauru: Edusc, 2007.

ALMEIDA, Carolina Perine de. Os troncos, suas raízes e sementes: dinâmicas familiares, fluxos de pessoas e história em aldeias Terena. 2013. 193 f. Dissertação. (Mestrado em Antropologia) - Universidade de Brasília, Brasília, DF, 2013.

AMADO, Luiz Henrique Eloy. Poké'exa Ûti, o território indígena como direito fundamental para o etnodesenvolvimento local. 2014. 125f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Local) - Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS, 2014.

ARAÚJO, Ricardo Benzaquen. Guerra e paz: casa grande & senzala e a obra de Gilberto Freyre nos anos 30. São Paulo: Editora 34, 1994.

AZANHA, Gilberto. As terras indígenas terena no Mato Grosso do Sul. Revista de Estudos e Pesquisas, FUNAI, Brasília, v. 2, n. 1, p. 61-111, jul. 2005.

BITTENCOURT, Circe M.; LADEIRA, Maria E. A História do Povo Terena. MEC: Brasília, 2000.

BOURDIEU, Pierre. A economia das trocas linguísticas. São Paulo: EDUSP, 1996.

______. O poder simbólico. 3. ed. Rio de Janeiro: Bertrand Brasil, 2000.

BURKE, Peter. A escola dos Annales (1929-1989): a revolução francesa da historiografia. São Paulo: UNESP, 1991.

CARDOSO DE OLIVEIRA, Roberto. Do índio ao bugre: o processo de assimilação dos Terena. 2. ed. Rio de Janeiro: Francisco Alves, 1976.

EREMITES DE OLIVEIRA, Jorge. A história indígena no Brasil e em Mato Grosso do Sul. Espaço Ameríndio, Porto Alegre, v. 6, n. 2, p. 178-218, jul./dez. 2012.

EREMITES DE OLIVEIRA, Jorge; PEREIRA, Levi Marques. Terra Indígena Buriti: perícia antropológica, arqueológica e histórica sobre uma terra terena na Serra de Maracaju. Dourados: UFGD, 2012.

FEBVRE, Lucien. Combates pela História. Tradução de Leonor Martinho Simões. 3. ed. Lisboa: Sta. Maria da Feira, 1989.

FERREIRA, Andrey Cordeiro. Tutela e resistência indígena: etnografia e história das relações de poder entre os Terena e o Estado brasileiro. 2007. 410f. Tese (Doutorado em Antropologia) - Universidade Federal do Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, RJ, 2007.

FREYRE, Gilberto. Casa-grande & senzala: formação da família brasileira sob o regime da economia patriarcal. São Paulo: Global, 2003.

GARCIA, Adilso de Campos A participação dos índios Guaná no processo de desenvolvimento econômico do Sul de Mato Grosso (1845-1930). 2008. 145f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2008.

GRUPIONI, Luís Donizete B. Índios no Brasil. São Paulo: SMC-SP, 1992.

GUIMARÃES, Manoel Luis Salgado. Nação e civilização nos trópicos: o Instituto Histórico e Geográfico Brasileiro e o projeto de uma História Nacional. Estudos históricos: caminhos da historiografia, Rio de Janeiro, n. 1, p. 5-27, 1988.

______. Escrever a história, domesticar o passado. In: LOPES, Antonio Herculano (Org.). História e linguagens: texto, oralidades e representações. 7. ed. Rio de Janeiro: Cia das Letras, 2006.

HOLANDA, Sérgio Buarque de. Caminhos e fronteiras. 3. ed. São Paulo: Cia. das Letras, 2001.

LIMA, Antonio Carlos de Souza. Sobre indigenismo, autoritarismo e nacionalidade: considerações sobre a constituição do discurso e da prática da Proteção Fraternal do Brasil. In.: OLIVEIRA FILHO, João Pacheco de. Sociedades Indígenas & Indigenismo no Brasil. Rio de Janeiro: Editora Marco Zero, 1987.

LOPES DA SILVA, Aracy; GRUPIONI, Luís Donisete Benzi (Org.). A temática indígena na escola: novos subsídios para professores de 1º e 2º graus. Brasília: MEC/Mari/Unesco, 1995.

LUCIANO, Gersem dos Santos. O Índio brasileiro: o que você precisa saber sobre os povos indígenas no Brasil de hoje. Brasília: Ministério da Educação, Secretaria de Educação Continuada, Alfabetização e Diversidade; LACED/Museu Nacional, 2006.

MIRANDA, Claudionor do Carmo. Territorialidade e prática agrícola: premissas para o desenvolvimento local em comunidades Terena de MS. 2006. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Local) - Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS, 2006.

MONTEIRO, John Manuel. Armas e Armadilhas: história e resistência dos índios. In: NOVAES, Adauto (Org.). A outra margem do ocidente. 1. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1999, p. 237-249.

______. Negros da terra: índios e bandeirantes nas origens de São Paulo. 2. ed. São Paulo: Companhia das Letras, 1994.

MOURA, Noemia dos Santos Pereira. UNIEDAS: o símbolo da apropriação do protestantismo norte-americano pelos Terena (1972-1993). 2001. 109f. Dissertação (Mestrado em Ciências Sociais) - Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Dourados, MS, 2001.

______. O processo de terenização do cristianismo na terra indígena Taunay/Ipegue no século XX. 2009. 306f. Tese (Doutorado em Ciências Sociais) - Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP, 2009.

OLIVEIRA FILHO, João Pacheco. Ensaios em Antropologia histórica. Rio de Janeiro: UFRJ, 1999.

OLIVEIRA, Éder Alcântara. História dos Terena da Aldeia Buriti: memória, rituais, educação e luta pela terra. 2013. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, M, 2013.

PEREIRA, Levi Marques. Os Terena de Buriti: formas organizacionais, territorialização e representação da identidade étnica. Dourados: UFGD, 2009.

REIS, José Carlos. As identidades do Brasil: de Varnhagen à FHC. 8. ed. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 2006.

______. O desafio historiográfico. São Paulo: FGV, 2010.

RICOEUR, Paul. A memória, a história, o esquecimento. Campinas: Editora da Unicamp, 2007.

SQUINELO, Ana Paula. A Guerra do Paraguai e suas interfaces: memória, história e identidade em Mato Grosso do Sul (Brasil). In.: LA GUERRA DEL PARAGUAY: HISTORIOGRAFIAS, REPRESENTACIONES, CONTEXTOS. Buenos Aires, 3-5 nov. 2008. Anais... Buenos Aires: Museo Histórico Nacional, 2008.

TAUNAY, Visconde de. A retirada da Laguna: episódio da Guerra do Paraguai. São Paulo: Martin Claret, 2005.

______. Memórias. São Paulo: Melhoramentos, 1948. v. VI.

VARGAS, Vera Lúcia Ferreira. A construção do território Terena (1870-1966): uma sociedade entre a imposição e a opção. 2003. 161f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal do Mato Grosso do Sul, Dourados, MS, 2003.

______. A dimensão sociopolítica do território para os Terena: as aldeias nos séculos XX e XXI. 2011. 188f. Tese (Doutorado em História) - Universidade Federal Fluminense, Rio de Janeiro, RJ, 2011.

VARGAS, Vera Lucia Ferreira; CASTRO, Iára Quelho de. Os pesquisadores de índios e os índios pesquisadores. Outros Tempos, São Luís, v. 10, n. 16, p. 1-22, 2013. Disponível em: <http://www.outrostempos.uema.br/OJS/index.php/outros_tempos_uema/article/view/282/276>. Acesso em: 20 jul. 2014.

VARNHAGEN, Francisco Adolfo de. História geral do Brasil. Antonio Paim (Org.). Salvador: Centro de Documentação do Pensamento Brasileiro (CDPB), 2011.

XIMENES, Lenir Gomes. Terra Indígena Buriti: estratégias e performances terena na luta pela terra. 2011. 136f. Dissertação (Mestrado em História) - Universidade Federal da Grande Dourados, Dourados, MS, 2011.

Publicado
2016-07-11