A COLONIZAÇÃO GUARANI NAS PLANÍCIES DO TAQUARI, RIO GRANDE DO SUL, BRASIL

  • Marcos Rogério Kreutz Centro Universitário Univates
  • Paula Dresch dos Santos Centro Universitário Univates
  • Neli Galarce Machado Centro Universitário Univates
  • Luis Fernando Laroque Centro Universitário Univates

Resumo

No período pré-colonial, os atuais estados do sul do Brasil foram colonizados por diversas etnias, entre elas, os Guarani. Esses grupos, com uma orientação agrícola e com uma dinâmica de deslocamentos, optaram por se instalar inicialmente nas férteis várzeas ao longo dos rios e arroios de maior porte. Com o passar do tempo, deslocaram-se para territórios mais afastados desses cursos d’água ou então para as porções mais altas dos vales dos rios. O objetivo do presente estudo é formular um panorama de deslocamentos e colonização de grupos Guarani em um território específico drenado pela Bacia Hidrográfica do Rio Taquari no Rio Grande do Sul, em um período antigo, anterior a colonização européia. A metodologia utilizada foi a revisão bibliográfica que trata do tema, migrações e deslocamentos Guarani, bem como a análise de datações realizadas em sítios arqueológicos. Como resultado espera-se formular hipóteses para esses deslocamentos na área foco do estudo.

Biografia do Autor

Marcos Rogério Kreutz, Centro Universitário Univates
Doutorando no Programa de Pós Graduação em Ambiente e Desenvolvimento da Univates.
Paula Dresch dos Santos, Centro Universitário Univates
Bolsista do CNPq. Graduanda em História na UNIVATES.
Neli Galarce Machado, Centro Universitário Univates
Doutora em Arqueologia. Professora e Pesquisadora do Programa de Pós Graduação em Ambiente e Desenvolvimento da UNIVATES, Lajeado, Rio Grande do Sul. Coordenadora do Setor de Arqueologia.
Luis Fernando Laroque, Centro Universitário Univates
Doutor em História. Professor e Pesquisador do Programa de Pós Graduação em Ambiente e Desenvolvimento da UNIVATES, Lajeado, Rio Grande do Sul.
Publicado
2015-05-28