Caracterização sociodemográfica dos Guarani no Paraguai e no Brasil segundo o último Censo Demográfico de cada país

  • Rosa Sebastiana Colman FAIND/UFGD
  • Marta Maria Azevedo NEPO/UNICAMP
Palavras-chave: Kaiowá, Mbya e Guarani, características sociodemográficas, perfil etário.

Resumo

Este trabalho apresenta informações levantadas no últimocenso do IBGE no que diz respeito ao perfil dos Kaiowá e Guaranido Brasil e de Mato Grosso do Sul e suas características sociodemográficas, fazendo uma reflexão sobre as relações entre as diferentes gerações e dados sobre os Guarani no Paraguai a partir do último Censo, principalmente, sobre os Mbya. Serão utilizados os dados do Banco Multidimensional de Estatística (BME), referentes ao Censo Demográfico de 2010, além dos resultados do Censo Demográfico Indígena do Paraguai. Conclusões iniciais indicam que, para as populações indígenas, a inclusão da categoria nos Censos Demográficos no Brasil a partir de 1991 e, mais recentemente, o deslocamento da pergunta de cor/raça para o questionário do universo no Censo Demográfico de 2010, e a ampliação da pergunta por etnia e língua falada, têm representado importantes avanços na produção de dados para uma melhor caracterização socio demográfica dessas populações.

 

Biografia do Autor

Rosa Sebastiana Colman, FAIND/UFGD
Possui graduação em Geografia pela Universidade Federal de Mato Grosso do Sul, mestrado em Desenvolvimento Local pela Universidade Católica Dom Bosco e doutorado em Demografia pela UNICAMP. Atualmente é professora na área de ciências humanas na Faculdade Intercultural Indígena da Universidade da Grande Dourados (FAIND/UFGD).
Marta Maria Azevedo, NEPO/UNICAMP
Possui graduação em Ciências Sociais pela Universidade de São Paulo e doutorado em Demografia pela Universidade Estadual de Campinas, UNICAMP. Atualmente é coordenadora do Núcleo de Estudos de População Elza Berquó/NEPO da UNICAMP e professora do Programa de Pós Graduação em Demografia do IFCH/NEPO/UNICAMP.

Referências

AZEVEDO, Marta, M. O Censo 2010 e os povos indígenas. In: RICARDO, Carlos Alberto; RICARDO, Fany (Org.). Povos Indígenas no Brasil 2006/2010. São Paulo: Instituto Socioambiental, 2011.

COMISIÓN ECONÓMICA PARA AMÉRICA LATINA Y EL CARIBE (CEPAL). Censos 2010 y la inclusión del enfoque étnico: hacia una construcción participativa con pueblos indígenas y afrodescendientes de América Latina. Santiago de Chile: CEPAL, set. 2009. 49p. (Serie Seminarios y conferencias, n. 57). Disponível em: <http://www.eclac.org/publicaciones/xml/3/37453/S57SyC-L3095e-P.pdf>. Acesso em: 8 jun. 2014.

______. América Latina logra mejoras en salud, educación y participación política de pueblos indígenas en última década. Relatório apresentado na Conferência Mundial sobre os Povos Indígenas nas Nações Unidas (ONU). Nova York: CEPAL, 22 set. 2014. Disponível em: <http://www.cepal.org/cgi-bin/getProd.asp?xml=%2Fprensa%2Fnoticias%2Fcomunicados%2F0%2F53840%2FP53840.xml&xsl=%2Fprensa%2Ftpl%2Fp6f.xsl&base=%2Fprensa%2Ftpl%2Ftop-bottom.xsl>. Acesso em: 8 jun. 2014.

CICCARONE, Celeste. Drama e sensibilidade: migração, xamanismo e mulheres mbyá. Revista de Índias, Madrid, Espanha, v. 64, n. 230, p. 81-96, 2004.

COLMAN, Rosa Sebastiana. Guarani retã e mobilidade espacial guarani: belas caminhadas e processos de expulsão no território guarani. 2015. Tese (Doutorado em Demografia) – Instituto de Filosofia e Ciência Humanas, Universidade Estadual de Campinas, Campinas, SP. 2015.

______. Território e sustentabilidade: os Guarani e os Kaiowá de Yvy Katu. 2007. 133f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Local) - Universidade Católica Dom Bosco, Campo Grande, MS, 2007.

DEL POPOLO, F; SCHKOLNIK, S. Pueblos indígenas y afrodescendientes en los censos de población y vivienda de América Latina: avances y desafíos en el derecho a la información. Notas de Población, Santiago de Chile, Ano XL, n. 97, p. 205-248, 2013.

DIRECCIÓN GENEREAL DE ESTATÍSTICAS, ENCUSTAS Y CENSOS (DGEEC). Memoria del II Censo Nacional de Población y Viviendas. Asunción: STP-DGEEC, 2002.

______. Censo Nacional de Población y Viviendas. Asunción: STP-DGEEC, 2002.

______. Pueblos indígenas en el Paraguay: Resultados finales 2012. In: CENSO NACIONAL DE POBLACIÓN Y VIVIENDAS PARA PUEBLOS INDÍGENAS, III., 2012, Asunción. Anais... Asunción: STP-DGEEC, 2012. Disponível em: <http://www.dgeec.gov.py/Publicaciones>. Acesso em: 4 nov. 2014.

DECLARAÇÃO da ONU sobre os Direitos dos Povos Indígenas. Porantin, Brasília, DF, n. 299, out. 2007. Disponível em: <http://www.cimi.org.br/pub/publicacoes/1191526307_Encarte299.pdf>. Acesso em: jun. 2011.

INSTITUTO BRASILEIRO DE GEOGRAFIA E ESTATÍSTICA (IBGE). Censo Demográfico. Rio de Janeiro, 2010.

SERVÍN, Jorge. La importancia de la participación indígena en los censos: lecciones aprendidas con el II Censo nacional Indígena 2002 de Paraguay. In: ENCUENTRO INTERNACIONAL DE ESTADISTICAS DE GENERO: RONDA CENSAL 2010, IX., 29 set. a 1º out. 2008, Aguascalientes, México. Anais… Aguascalientes: INEGI, 2010. Disponível em: <http://www.inegi.gob.mx/inegi/contenidos/espanol/eventos/IXeieg/doctos/30desep/sesion%204%20b/j_servin.pdf>. Acesso em: 6 maio 2013.

Publicado
2016-07-13