Tekoha e te’y guasu: algumas considerações sobre articulações políticas Kaiowá e Guarani a partir das noções de parentesco e ocupação espacial

  • Katia Vietta Pesquisadora do Programa Kaiowá/Guarani – NEPPI/UCDB. O Programa Kaiowa/Guarani recebe financiamento AI - CNPq.

Resumo

A partir de três áreas indígenas Kaiowá e Guarani, situadas no Mato Grossodo Sul, analiso alguns elementos envolvendo ocupação espacial e articulação políticaa partir das relações de parentesco. A demarcação das reservas, entre 1915 e 1928 e aposterior intensificação da colonização não-indígena, promove o abandono de inúmerasáreas e a fragmentação de muitos grupos familiares. O confinamento em reservascaracteriza-se pela sobreposição de grupos familiares (ou fragmentos deles) e de suaslideranças. Neste novo contexto, o ñanderu, chefe de família extensa, referência religiosae política, tem o seu papel profundamente alterado, o que se amplia com a sedimentaçãodo capitão, enquanto figura política. Como apresento nesta análise, tais aspectospromovem a alteração das noções de tekoha e te’yi guasu, uma vez que ambas searticulam a partir do parentesco e da ocupação espacial.

Referências

BRAND, Antonio. O impacto da perda da terra sobre a tradição Kaiowá/Guarani: os difíceis caminhos da Palavra. Porto Alegre, 1997, 382 p. Tese (Doutorado em História) – PUC/RS.

CHAMORRO, Graciela. Kurusu ñen’ëngatu: palabras que la historia não podia olvidar. Asunción/São Leopoldo, CEAUC/EST/COMIN,

, 235 p.

PEREIRA, Levi Marques. Parentesco e organização social Kaiowá. Campinas, 1999, 233 p. Dissertação (Mestrado) – IFCH/UNICAMP.

MELIÁ, Bartomeu; GRÜNBERG, Georg; GRÜNBERG, Friedl. Los Pa~i-Taviterã: etnografía guaraní del Paraguay contemporáneo. Centro de Estudios Antropológicos de la Universidad Católica, Asunción, 1976, 132 p.

SCHADEN, Egon. Aspectos fundamentais da cultura Guarani. São Paulo : EPU/EDUSP, 1974.

SILVA, Joana A. Fernandes. Os Kaiowá e a ideologia dos projetos econômicos. Campinas, 1992, 141 p. Dissertação (Mestrado) – FCH/UNICAMP.

VIETTA, Katya. Programa Kaiowá/Guarani: algumas reflexões sobre Antropologia e prática indigenista. Multitemas, Campo Grande, UCDB, n. 4, p. 68-85, out. 1997.

_____. Não tem quem orienta, a pessoa sozinha é que nem uma folha que vai com o vento: análise sobre alguns impasses presentes entre os Kaiowá/Guarani. Revista Divulgação Cultural, Blumenau, UEB, n. 64, p.15-24, jan./abr. 1998.

_____. Corpo, saúde e sexualidade ente os Kaiowá/Guarani: algumas reflexões tendo em vista as campanhas de prevenção contra as DSTAIDS. II JPC. Anais... Brasília, 17 p., prelo.

_____. Relatório final da Perícia realizada na Área Indígena de Panambizinho, Distrito de Panambi, Município de Dourados. Processo 96158-8. Perícia realizada a pedido do Sr. Juiz Federal da I Vara de Seção Judiciária de Mato Grosso do Sul, dez./1998. 154 p.

Publicado
2014-11-18
Seção
Artigos