Entrevista - Pe. Georg Lachnitt

Resumo

Há algum tempo que a equipe de pesquisadores do Núcleo de Estudos e Pesquisas das Populações Indígenas (NEPPI) ensaiava um convite ao nosso diretor, Pe. Georg Lachnitt, para nos conceder uma entrevista. Com ele sempre avesso às “formalidades”, sabíamos que não seria uma tarefa fácil.

Padre Georg sempre gostou de nos contar suas histórias junto aos povos Xavante e Bororo. Quando tinha tempo, “vinham” narrativas acumuladas ao longo de quase 50 anos dedicados a esses povos. As viagens de Campo Grande até Sangradouro e Meruri eram recheadas de bons relatos, puxados das lembranças que cada curva provocara em sua memória brilhante, adocicada por um gosto forte de contar causos − tendo como trilha sonora as marchas sinfônicas tocadas pelos bombeiros civis alemães. “É para não cair no sono”, costumava dizer Georg, antes de aumentar ainda mais o volume.

No fim de julho do ano passado, fizemos o convite para um bate-papo e, para a nossa surpresa, o aceite foi imediato. Então, no dia 12 de agosto de 2019, conversamos em uma sala de aula no segundo andar do prédio anexo à Biblioteca da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB), em Campo Grande, MS.

Pe. Georg faleceu no dia 20 de abril de 2020, antes que esta entrevista fosse publicada. Na conversa a seguir, que partilhamos com os leitores da TELLUS, tivemos o prazer de saber mais sobre esta figura tão marcante e especial, que muito contribuiu no trabalho dos salesianos junto aos povos Xavante e Bororo.

Biografia do Autor

Eva Maria Luiz Ferreira, Universidade Católica Dom Bosco (UCDB).

Mestre em História pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Docente da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas das Populações Indígenas (NEPPI/UCDB).

José Francisco Sarmento Nogueira, Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)

Doutor em Educação pela Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). Docente do curso de Design e Filosofia e professor colaborador do Programa de Pós-Graduação Stricto Sensu: Mestrado e Doutorado em Psicologia da UCDB. Desenvolve trabalhos de ensino, pesquisa e extensão no Núcleo de Estudos e Pesquisas das Populações Indígenas (NEPPI/UCDB). Vem atuando em projetos com os povos Kaiowá e Guarani no estado de Mato Grosso do Sul. Desenvolve trabalhos de pesquisa que discutem a questão da identidade cultural e tem se dedicado a pesquisar sobre a cultura material de povos originários, a partir do Etnodesign.

Leandro Skowronski

Engenheiro agrônomo, com mestrado em Fitotecnia. Professor do curso de graduação em Agronomia da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB) e integrante do Núcleo de Estudos e Pesquisas das Populações Indígenas (NEPPI/UCDB). No NEPPI, vem desenvolvendo trabalhos de ensino, pesquisa e extensão com os povos Kaiowá e Guarani do estado de Mato Grosso do Sul, nas temáticas da agroecologia e do meio ambiente.

Lenir Gomes Ximenes, Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)

Doutora em História pela Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Docente da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB). Pesquisadora do Núcleo de Estudos e Pesquisas das Populações Indígenas (NEPPI/UCDB).

Publicado
2020-04-28
Seção
Entrevista