Língua, identidade e universidade: pistas para uma experiência intercultural a partir do conceito guarani de palavra

  • Graciela Chamorro

Resumo

A partir da experiência no curso de Licenciaturas Indígenas Teko Arandu, “modo de ser sábio”, e de pesquisas de campo realizadas em aldeias guarani e kaiowá, procuro, neste artigo, refletir sobre os vínculos entre língua e identidade e entre língua e palavra no pensamento e na experiência de grupos chamados guarani. Apresento dados etnográficos que considero pertinentes para uma proposta diferenciada e intercultural de ensino universitário e socializo alguns questionamentos decorrentes da minha inserção nas comunidades guarani.
Publicado
2014-11-24
Seção
Artigos