Formas de identificação e autorrepresentação na escrita de professores indígenas

  • Igor Scaramuzzi

Resumo

Nas últimas décadas, os cursos de formação de professores indígenas, conhecidos mais comumente como “Magistério Indígena”, desenvolvidos no âmbito das experiências de ensino formal que seguem os preceitos do modelo “específico e diferenciado”, tornaram-se importantes espaços de produção discursiva nas quais professores indígenas estão recriando através da escrita, especialmente na elaboraçãode material didático, as formas de identificação e autorrepresentação dos coletivos dos quais fazem parte. O presente artigo possui o objetivo de descrever e analisar em dez materiais didáticos que tratam da História Indígena, elaborados em cinco experiências de escolarização distintas, as categorias selecionadas para a autorrepresentaçãode coletivos indígenas, assim como as formas que essas categorias influenciam na produção e sistematização dos conhecimentos e narrativas presentes nos materiais didáticos.
Publicado
2014-11-28