Trajetória de construção, desconstrução e reconstrução

  • Claudemiro Pereira Lescano Professor na Escola Municipal Indígena Ñande Reko Arandu, Aldeia Taquaperi , Coronel Sapucaia, Mato Grosso do Sul.
Palavras-chave: escrito indígena, trajetória

Resumo

Meu nome é Claudemiro Pereira Lescano, sou do povo Ava Guarani, considerado como Nhandéva, e também do povo Tavyterã, considerado Kaiowá; moro na aldeia Taquaperi, no município de Coronel Sapucaia, Mato Grosso do Sul. Penso que antes de falar da minha trajetória acadêmica é importante falar sobre o meu povo Ava Guarani e Tavyterã. O Tavyterã, conhecido como Kaiowá, é o povo da floresta ka’aguygua ou ka’aguy pegua, nome que veio dos não índios. Minha família, por parte da minha mãe, é Tavyterã; vieram do Cerro Peron, a 15 km da aldeia Taquaperi, no município de Coronel Sapucaia. A família do meu pai é Ava Guarani, conhecido como Nhandéva; vieram da aldeia Ita Poty, na região de Amambai, a 45 kmde Taquaperi.

Biografia do Autor

Claudemiro Pereira Lescano, Professor na Escola Municipal Indígena Ñande Reko Arandu, Aldeia Taquaperi , Coronel Sapucaia, Mato Grosso do Sul.

Indígena Kaiowá e Guarani. Professor na Escola Municipal Indígena Ñande Reko Arandu, Aldeia Taquaperi , Coronel Sapucaia, Mato Grosso do Sul. Mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Educação da Universidade Católica Dom Bosco (UCDB)

Publicado
2017-04-24
Seção
Escritos Indígenas