Diretório dos índios: implantação e resistência no Nordeste

  • Fátima Martins Lopes

Resumo

No presente trabalho, o que se estuda são as formas com que as autoridades da área sob a jurisdição da Capitania de Pernambuco receberam e implantaram a legislação indigenista pombalina do século XVIII: o Diretório dos Índios. Estudam-se, ao mesmo tempo, as ações dos índios aldeados frente à imposição da nova forma de relacionamento entre índios e não-índios. Nesse sentido, identifica-se, no primeiro momento de implantação, um movimento político pautado nas conversações e nos acordos entre o Governador de Pernambuco e os principais indígenas de sua jurisdição, em que são observadas as variadas estratégias de dominação dos colonizadores, assim como a resistência indígena que impunha limites à implantação das determinações legais.
Publicado
2014-11-19
Seção
Artigos