Oralidade e prática de ensino entre os professores hup’däh da região do Rio Negro

  • Renato Athias

Resumo

A partir de observações realizadas durante o Curso de Magistério Indígena II (formação de professores Hup’däh, Yuhup e Diaw) modular, oferecido pela Secretaria de Educação do Município de São Gabriel da Cachoeira, durante os anos de 2005 a 2008, discutem-se questões centrais para a compreensão da prática de ensino em contextos interculturais. Questões como a língua, a identidade social do professor e a relação desses com a sua comunidade e ainda a representação da escola entre os Hup’däh. Este trabalho é resultado da investigação sobre a formação de docentes indígenas.
Publicado
2014-11-27