O olhar das crianças bororo sobre a cultura: desenhos infantis e representação

  • Carla Fabiana Costa Calarge Museu das Culturas Dom Bosco (MCDB/UCDB)
Palavras-chave: povos indígenas, bororo, infância indígena, desenho, identidade.

Resumo

O objetivo deste trabalho é refletir sobre a representação bororo a partir da análise iconográfica de desenhos produzidos pelas crianças indígenas. O contexto de desenvolvimento das atividades foram as oficinas de produção de conteúdo da exposição “Boe Nure Imi” ou “Io Sono Bororo” que aconteceu em outubro de 2004, em Gênova, na Itália. Os materiais fazem parte do Acervo Documental do Museu das Culturas Dom Bosco e são relevantes pelos vários aspectos da cultura bororo e pelas representações simbólicas presentes nos desenhos. Partimos do pressuposto de que a criança tem papel ativo na sociedade, construindo significados, relações a partir do contexto em que se insere.

Biografia do Autor

Carla Fabiana Costa Calarge, Museu das Culturas Dom Bosco (MCDB/UCDB)
Graduada em Ciências Sociais (2011) pela UFMS e em Comunicação Social (2008) pela UCDB, é Mestre em Antropologia pelo Programa de Pós-Graduação em Antropologia (PPGAnt), com área de concentração em Antropologia Sociocultural da Universidade Federal da Grande Dourados (UFGD). Atualmente é professora da Universidade Católica Dom Bosco e responsável pela Coleção de Etnologia do Museu das Culturas Dom Bosco. E-mail: carla.calarge@gmail.com

Referências

COHN, Clarice. Antropologia da criança. 2. ed. Rio de Janeiro: Jorge Zahar, 2009.

POLESE, Nathalia Cunha; PÁDUA, Karla Cunha. As culturas infantis na diversidade dos contextos: um estudo da criança na Aldeia Canuanã. Revista Tellus, Campo Grande, ano 14, n. 27, p. 129-147, jul./dez. 2014.

SOUZA, Maximiliano Loiola Ponte de; GARNELO, Luíza. Desconstruindo o alcoolismo: notas a partir da construção do objeto de pesquisa no contexto indígena. Revista Latinoamericana de Psicopatologia Fundamental, São Paulo, v. 9, n. 2, p. 279-292, abr./jun. 2006.

SPIVAK, Gayatri Chakravorty. Pode o subalterno falar? Belo Horizonte: Editora da UFMG, 2010.

VIERTLER, Renate Brigitte. As aldeias bororo: alguns aspectos da sua organização social. São Paulo: Fundo de Pesquisas do Museu Paulista da Universidade de São Paulo, 1976. (Coleção Museu Paulista, Série Etnologia, v. 2).

Publicado
2017-04-24
Seção
Iconografia